Uncategorized

60 day challenge – Dias 1, 2, 3 e 4

O desafio consiste em 60 dias de dieta e treino para perda de peso e melhora estética.

Ele é composto por treino e dieta, sendo o treino feito de segunda a sexta, e a dieta a todo tempo. A alimentação deve ser low carb, sem gluten, com foco em gordura e proteínas, bem como vitaminas em geral.

Dia 1

Treino: Foi realizado treino de membros inferiores, nem todos os exercícios foram executados devido ao ligamento rompido, às vezes o joelho dói e tenho medo de seguir forçando para futuramente ter novas lesões. Gostaria de correr, mas devido ainda ao joelho, não posso, portanto sigo no elíptico, que me permite movimentos tem mudança de direção. A musculação é uma parte complicada, pois não posso colocar muita carga, mesmo assim, tento ouvir meu corpo e ver até onde o joelho vai sem dor, se eu iniciar o movimento corretamente, ele suporta maior carga. Treino sem joelheira, o que não é bom.

Alimentação: É a parte mais difícil, pois minha ansiedade me faz descontar tudo na comida, e depois de passar as festas comendo e bebendo livremente, fazer restrições se torna algo contraditório para mim, de alguma forma não consigo enxergar os resultados que posso ter. Tenho tido dificuldades para reduzir os carboidratos, bem como o açúcar, decidi que irei permitir açúcar durante a tpm, sendo algo fundamental para aliviar o estresse no meu caso.

Dia 2

Treino: Treino de membros superiores, o mais tedioso, não consigo forçar a carga nos exercícios de ombros e bíceps, o que não é bom, já que nesta parte não tenho restrições e posso livremente forçar carga.

Alimentação: Continuo inchada, não vejo diferença no meu corpo até então, tem sido difícil remover carboidratos, mas tenho tentado recorrer a ovos e carnes.

Dia 3

Treino: Novamente membros inferiores, foi provavelmente o dia que menos rendeu, estava completamente sem vontade de treinar e pulei um dos exercícios, não consegui aumentar carga. Acordei mais cedo nesse dia, achei que seria mais dinâmico, mas não foi.

Alimentação: O dia em que mais quebrei as regras, ingeri muito carboidrato, não conseguia parar de comer, me dei conta então de que estava ansiosa e descontando tudo na comida, isso na verdade já vinha acontecendo desde o início da semana, mas percebi apenas no terceiro dia.

Dia 4

Treino: Não treinei nesse dia, acordei às 11h e passei o dia praticamente inativa, a ansiedade foi mais forte e foi um dia em que me senti completamente desmotivada.

Alimentação: Menos descontrolada que o dia anterior, eu ainda senti bastante ansiedade, mas consegui segurar em alguns momentos, ainda está sendo quase impossível reduzir os carboidratos, nesse dia não tomei café da manhã.

 

Me sinto um fracasso nessa primeira semana, pois não tenho levado a sério o desafio, por isso mesmo decidi criar este blog para acompanhar, para que, de alguma forma, eu comece a encarar essa jornada com um pouco mais de determinação.